Alerta de spoiler: por que eu gostei de ‘O Mundo Depois de Nós’

Em “O Mundo Depois de Nós”, disponível na Netflix, o diretor Sam Esmail desafia os limites narrativos ao explorar uma ameaça tecnológica invisível e implacável. Baseado no livro “Leave The World Behind” de Rumaan Alam, o filme segue o casal Amanda (Julia Roberts) e Clay (Ethan Hawke) em um fim de semana aparentemente tranquilo que se transforma em um pesadelo inimaginável.

A trama se desenrola com um apagão que mergulha a mansão na escuridão, desencadeando eventos assustadores. G.H. (Mahershala Ali) e Ruth (Myha’la), pai e filha, pedem abrigo, alegando que a casa é deles e buscando refúgio de uma ameaça invisível. A complexidade emocional diante do ataque cibernético é magistralmente transmitida pela excepcional atuação de Julia Roberts e Ethan Hawke.

Mahershala Ali e Myha’la entregam performances envolventes, enquanto a dinâmica entre as duas famílias evolui de desconfiança para uma aliança forjada pela necessidade de sobrevivência. A direção de Sam Esmail cria uma atmosfera de suspense, explorando comportamentos familiares e sociais diante da dependência tecnológica. A trilha sonora intensifica a angústia, e os efeitos visuais, especialmente a cena impactante dos carros autônomos da Tesla totalmente sem controle em uma rodovia nos arredores de Nova Iorque, destacam a fragilidade da existência humana diante do colapso do mundo digital.

O filme já divide opiniões, provocando debates sobre a natureza humana e sua relação com a tecnologia. Alguns o consideram uma obra-prima, enquanto outros criticam o desfecho e a obsessão por “Friends”. Para mim, “O Mundo Depois de Nós” não é apenas um thriller psicológico, mas uma exploração profunda da nossa relação com a tecnologia e da resiliência diante do desconhecido. A excepcional atuação de Roberts e Mahershala Ali, a direção surpreendente e efeitos visuais impactantes convergem para manter o espectador imerso em um suspense psicológico até os últimos créditos.

Texto: Marta Guerra Sfreddo

About Author

Avatar photo

Formada em Comunicação Social - Habilitação em Jornalismo - pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), especializada em Comunicação Organizacional pela Universidade de Caxias do Sul e licenciada em Letras pela UCS.

Leave A Reply