ExpoSEGH projeta gerar R$ 3 milhões em negócios nos próximos 12 meses

A quinta edição da feira de negócios ExpoSEGH encerrou na noite de 18 de abril, em Caxias do Sul (RS), superando expectativas de público e de acordos comerciais. O principal evento do Sindicato Empresarial de Gastronomia e Hotelaria (SEGH) da Região Uva e Vinho foi prestigiado por cerca de 1,2 mil profissionais e alunos dos ramos da gastronomia, turismo e hotelaria de diversas cidades do estado. A projeção é que nos próximos 12 meses, R$ 3 milhões em negócios possam ser gerados a partir de contatos realizados durante os dois de exibição.

O presidente do SEGH Região Uva e Vinho, Marcos Antonio Ferronatto, destaca que a entidade está engajada com o meio empresarial, mobilizando lideranças para que compreendam os impactos que geram esses setores na economia, seja na geração de emprego ou renda, e que precisam cada vez mais de visibilidade.

A ExpoSEGH veio para ficar. Após três anos sem realizarmos a feira, a retomada surpreendeu. Confirmamos que a cadeia da gastronomia, hotelaria e turismo estava ansiosa por momentos como esse, de conexão e negócios. O objetivo do SEGH foi trazer um mix de expositores, fomentar negócios, mas também conhecimento através dos bate-papos e workshops. Como idealizador, o SEGH encerra o evento feliz com os resultados e já planeja as próximas iniciativas”, avalia Ferronatto.

Durante a abertura da ExpoSEGH, o prefeito de Caxias do Sul, Adiló Didomenico, também falou ao público e valorizou a realização da feira na cidade. “O turismo se faz regionalmente e a Serra Gaúcha tem as mais lindas paisagens. Precisamos nos unir e receber os turistas em todos os dias do ano. A ExpoSEGH marca uma retomada importante. A pandemia nos abateu muito, e os ramos da gastronomia, hotelaria e turismo foram muito prejudicados. Estes são um dos principais setores que empregam e geram renda para o nosso estado”, manifestou o chefe do Executivo Municipal. Na ocasião, foi sancionada a lei nº 8.927, que autoriza Caxias do Sul a integrar a Associação de Turismo da Serra Nordeste (Atuaserra).

Estiveram reunidos na ExpoSEGH mais de 40 expositores das áreas de tecnologia, equipamentos, bebidas, alimentos, utensílios, serviços e produtos do Rio Grande do Sul, de Santa Catarina e de São Paulo.

Ricardo Pinheiro, gerente comercial de uma empresa de alimentos congelados, já esteve em outras edições e confirmou a participação da marca que trabalha assim que soube da realização da feira.

“Foi muito bom para nós, esperamos dobrar o faturamento da empresa nos próximos 12 meses. Além de prospectarmos novos canais, estreitamos o relacionamento com os clientes da marca e ampliamos o mix de produtos que já oferecíamos para eles. Mesmo expondo, aproveitamos para conhecer e nos aproximarmos de fornecedores que também estavam na ExpoSEGH”, revela o gerente comercial.

Pela primeira vez na feira, o vendedor Saulo Xavier veio de Cachoeirinha para prestigiar a ExpoSEGH em busca de novos negócios, para construir relacionamentos e obter conhecimento.

“O evento está superinteressante. Está bem diversificado, com produtos e serviços de alimentação, segurança e automação. Superou minhas expectativas”, disse.

Nicole Lazzarotto, gerente executiva de um motel, já conhecia a feira e também se surpreendeu com a organização e as novidades do evento.

“Neste ano havia mais fornecedores de produtos variados e muitos expositores eram de fora da região e até do Estado. O evento está mais profissional e o fluxo de circulação está melhor”, afirma.

Além de atender os associados em suas diversas demandas, a entidade apoia inúmeros eventos na região e realiza outros, como o Temperar Cozinha e Mercado, que será promovido pelo departamento jovem do SEGH Região Uva e Vinho, em junho, em Caxias do Sul.

A 5º feira de negócios ExpoSEGH foi realizada pelo SEGH Região Uva e Vinho e contou com o apoio de Sicredi, FBHA, Harus, Fecomércio/Senac e Sebrae.

Divulgação: Assessoria de Imprensa 5ª ExpoSEGH

About Author

Avatar photo

Formada em Comunicação Social - Habilitação em Jornalismo - pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), especializada em Comunicação Organizacional pela Universidade de Caxias do Sul e licenciada em Letras pela UCS.

Leave A Reply