fbpx
Estilista Teodoro Salazar prova que solidariedade e moda andam juntas
8 de julho de 2020
Conheça o executivo anunciado como novo CEO do Grupo Marelli
15 de julho de 2020

Gabriela Oliveira lança livro com 100 atitudes para tornar o mundo menos racista

"Uma atitude por dia", de Gabriela Oliveira, reúne vivências de uma vida toda - Foto: Divulgação

Gabriela Oliveira

É importante manifestar apoio à educação antirracista nas redes sociais, mas não é suficiente, você concorda? As mudanças só acontecem de verdade quando elas começam dentro da gente mesmo. Então, o que eu posso fazer de concreto para que o racismo diminua?

“Uma atitude por dia – Por um mundo com menos racismo” é o segundo caderno de anotações/diário/livro da coleção Uma Atitude Por Dia lançado pela Editora Belas Letras >> https://bit.ly/uma-atitude-por-dia-menos-racismo.

O primeiro título da coleção traz atitudes para melhorar o mundo para as mulheres >> http://bit.ly/ummundomelhorparaasmulheres.

A autora gaúcha Gabriela Oliveira, mulher negra, empreendedora, designer, professora e consultora de marketing e TEDx Speaker, listou 100 pequenas atitudes que podemos incluir na rotina e fazer pelo menos o nosso mundo um lugar um pouco mais justo para as pessoas negras.

Um kit exclusivo de pré-venda com marcador de páginas, adesivo e pôster acompanha o caderno de anotações nos pedidos feitos pela loja virtual da editora até o dia 4 de setembro. Tudo isso por um valor especial: de R$ 49,90 por R$ 34,90. O livro ainda está sendo produzido, por isso os envios devem começar em 10 de agosto, quando a editora recebe os exemplares da gráfica.

Vocabulário x expressões racistas

As atitudes listadas pela autora vão desde aprender o significado de expressões racistas que estão no nosso vocabulário e a gente nem percebe, até comprar e apoiar os negócios de pessoas negras. Você vai aprender também sobre representatividade, cultura e estereótipos e o quanto é importante falar sobre o tema entre pessoas brancas, assim como saber ouvir os negros. Mas cuidado com a “síndrome do branco heroi”, não seja essa pessoa, ok?

Essas pequenas mudanças que a gente vai fazer diariamente vão iniciar uma transformação ao nosso redor que ecoarão por aí, motivando outras pessoas a fazer o mesmo. Você está pronto para começar? Se você é negro, seja ativo; se você é branco, seja aliado!

 

Marta Sfreddo
Marta Sfreddo
Formada em Comunicação Social - Habilitação em Jornalismo - pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), especializada em Comunicação Organizacional pela Universidade de Caxias do Sul e licenciada em Letras pela UCS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *