fbpx
Marcopolo comemora 70 anos e mantém trajetória de crescimento no primeiro semestre de 2019
6 de agosto de 2019
Instituto Tânia Zambon promove Tour Celebration em Caxias do Sul sobre vendas e negócios
8 de agosto de 2019

120 palestrantes desfilaram pelos três palcos do evento

Por Marta Guerra Sfreddo

Foram três palcos de conteúdo em três dias de intensa imersão no universo da tecnologia e inovação. Recheada de novidades e com uma programação focada em negócios e economia criativa, a Gramado Summit, realizada de 31 de julho a 2 de agosto, no Serra Park Centro de Eventos, em Gramado (RS), reuniu 100 expositores, 120 palestrantes e cerca de quatro mil participantes inscritos, colocando definitivamente o Rio Grande do Sul no mapa do ecossistema empreendedor brasileiro. A próxima edição já tem data para acontecer: será nos dias 5, 6 e 7 de agosto de 2020.

Ao longo dos três dias, palestraram nomes como Heini Zachariassen, fundador da Vivino, Lisiane Lemos, under 30 pela Forbes, Everaldo Coelho, former designer na Apple, Guto Ferreira, presidente da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), Daniel Randon, presidente da Randon, deputado federal Marcel Van Hatten, Amure Pinho, presidente da Associação Brasileira de Startups; Nelson Leoni, da Unicef; Tito Gusmão, da Warren, Maurício Cid, criador do “Não Salvo”, Pedro Superti, especialista em marketing, Danillo Sciumbata, head de Cultura da OCA Brasil, Frederico Renner Mentz, do An Lab e Instituto Caldeira, e o apresentador Serginho Groisman, que encerrou a programação do evento. Apesar de estar apenas em sua terceira edição, a Gramado Summit atinge sua maturidade e se consolida com um dos maiores eventos de empreendedorismo e nova economia do País. Quem foi, gostou da experiência de ter participado do maior brainstorming inovador do Brasil.

Fomento ao empreendedorismo e à inovação

O fomento ao empreendedorismo e à inovação foi destaque durante todo o evento. No segundo dia ocorreu a final da Batalha de Startups, realizada em parceria com a Superjobs Venture, sagrando a Elyment, de Caxias do Sul (RS), que trabalha com biotecnologia, como a startup campeã. A vencedora receberá um aporte financeiro de até R$ 350 mil.

O evento também teve a participação de grandes marcas e até mesmo de governos internacionais, como Mônaco, Hong Kong e Canadá. O concurso “Green is the new glam”, por exemplo, foi realizado em parceria com o Principado de Mônaco, em que o governo escolheu uma proposta de negócio com foco em sustentabilidade. A startup vencedora levou como prêmio uma imersão para Mônaco em 2020.

A Letteris esteve presente nos três dias do evento para acompanhar as atividades da OCA Brasil Innovative Hub, e para ficar por dentro de tudo que rolou no Serra Park durante a Gramado Summit.

Marta Sfreddo
Marta Sfreddo
Formada em Comunicação Social - Habilitação em Jornalismo - pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), especializada em Comunicação Organizacional pela Universidade de Caxias do Sul e licenciada em Letras pela UCS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *