fbpx
Vinho encanado retorna ao Centro de Bento Gonçalves
31/05/2019
Marruá Agrale é base para veículo elétrico na Austrália
05/06/2019

O que fazer para seu site ser reconhecido pelo Google

“O melhor lugar para se esconder um cadáver é na segunda página do Google.” O autor  pode até ser desconhecido, mas quem trabalha com marketing digital sabe muito bem o que isso significa.

Ter o site exibido pelo Google e estar nas primeiras posições é fundamental para que sua empresa receba milhares de visitantes, gere orçamentos e vendas. E você já deve ter se perguntado: o que é preciso para estar nas primeiras posições?

Muitas vezes um site não é identificado pelo Google e outros buscadores. Isso gera uma série de problemas, pois na maioria das vezes esse é a principal fonte de tráfego na internet. Neste artigo do analista SEO Fábio Langer, que é diretor da Gesto Marketing Digital, você vai encontrar dicas para responder à seguinte pergunta: Por que meu site não está sendo exibido na pesquisa do Google?

Encontre seu site no Google
Uma das formas de entender se seu site foi encontrado é procurar pelo seu domínio no Google.
Ex: Digite no campo de busca http://www.seudominio.com.br

Se o seu site não estiver realmente aparecendo nos resultados, vamos te dar dicas importantes para você tentar entender que está acontecendo e como você pode resolver essa situação.

Por que estar nas primeiras posições do Google é importante para sua empresa?
A grande maioria das pessoas sequer clica na segunda página do Google. De acordo com estudo do Search Jornal, o site na primeira posição do Google recebe 33% das visitas que são geradas. Já a segunda posição, 18%, e a probabilidade de receber visitantes só diminui nas posições mais inferiores.

Por que sites não classificam nas primeiras posições nos resultados do Google?
O Google é extremamente complicado. O mecanismo considera mais de 200 fatores técnicos e semânticos para determinar se um site deve ficar na frente de seus concorrentes ou não. Portanto, é importante entender os motivos que impedem seu site de não estar nas primeiras posições do Google. Veja alguns destes motivos: 

  1. O Google ainda não reconheceu meu site (site é novo demais);
  2. Meu site não está otimizado para mecanismos de busca, minha programação e conteúdo estão deficitários;
  3. Seu mercado possui palavras-chave muito competitivas, iphone X por exemplo é uma palavra muito competitiva;
  4. Seu site foi penalizado ou removido pelo Google;

Na maioria das vezes, os principais motivos são os itens 1 e 2. Receber uma punição do Google é algo raro de acontecer, porém é importante conversar com um especialista para saber se isso pode ter acontecido.

Conheça algumas razões para seu site não estar classificado e as principais dicas para que você comece a aparecer no Google.

  1. Seu site é muito novo
    Você acabou de lançar seu site? Normalmente pode demorar até quatros semanas para que ele comece a aparecer nos resultados de busca, portanto é preciso ter calma. Embora as atualizações na internet sejam muito rápidas, os índices dos mecanismos de busca podem ser muito lentos. Portanto, aguarde, aguarde e estude um pouco mais sobre o Google antes de ficar nervoso.
  2. Seu site não está otimizado para o rastreamento de mecanismos de pesquisa
    Depois de ser reconhecido pelo mecanismo de pesquisa, um robô é enviado pelo Google para vasculhar seu site em busca de conteúdo e programação. Esses robôs são desenvolvidos para testar seu sistema, simulando as ações que um visitante faria. Eles buscam palavras-chave, metas, conteúdo relevante, tamanho de arquivos, velocidade de carregamento, se possui um código limpo e diversos outros fatores. Portanto, você precisa considerar que os mecanismos de pesquisa são extremamente exigentes.
    Aqui na Gesto, realizamos diariamente centenas de testes para que os sites dos nossos clientes sejam interpretados da melhor maneira possível por buscadores como o Google.
  3. Seu mercado de palavras-chave é muito competitivo
    Os mecanismos de pesquisa ajudam milhões de pessoas em todo mundo a navegar na internet e encontrar conteúdo relevante em meio a bilhões de websites. Antes de pensar em estar nas primeiras posições do Google, você deve ter certeza de que vai segmentar seu negócio em um nicho de palavras-chave menos competitivo, para que você possa chamar a atenção do Google e de seus consumidores: Ex:palavra-chave: Iphone X (extremamente competitiva) / palavra-chave: pizzaria em Petrolina (menos competitiva ).
  4. Nem todas as palavras-chave são iguais
    É fácil classificar palavras-chave irrelevantes, difícil é classificar palavras lucrativas para sua empresa. A dificuldade é dupla: em um primeiro momento é preciso entender as melhores palavras para seu negócio, e depois otimizar o conteúdo para posicionar seu site nas primeiras posições.

Mas então como posso fazer para meu site aparecer no Google?
Dependendo do negócio, o ideal é contratar uma agência especializada, porém você pode tentar empregar algumas técnicas que vão auxiliar a conseguir um bom posicionamento.

  1. Realize uma auditoria SEO
    Para garantir maior sucesso no Google, é necessário realizar uma auditoria SEO para que você tenha uma visão clara de onde você está, e aonde você pode chegar para posicionar seu site. E isso é apenas o começo. Aprenda como fazer uma auditoria manual aqui: https://seositecheckup.com/
  2. Adicione palavras-chave ao conteúdo do seu site
    Palavras-chave podem ser compostas por um termo único ou por até uma frase curta.
    Ex: palavra-chave: botas/ palavra-chave: botas para o campo. Neste exemplo, a primeira palavra-chave é simples, já a segunda é um termo composto, também chamadas de long tails. Pesquise e procure entender quais são as palavras relevantes para cada uma das páginas do seu site.
  3. Encontre palavras-chave que sejam competitivas para o seu negócio
    Uma dica para você fazer essa tarefa é usar o planejador de palavras-chave do Google. Essa ferramenta permite que você possa avaliar a popularidade de determinadas palavras bem como o nível de concorrência de cada uma delas. Palavras altamente competitivas podem ter milhões de sites concorrentes e empresas que estão brigando pelo topo com investimentos milionários.
  4. Crie um perfil no Google Meu Negócio
    Esta dica é para empresas que possuem atuação local na sua cidade ou região. O Google meu negócio é uma ferramenta do Google para empresas locais. Quando você cria um perfil no Google Meu Negócio para sua empresa, você vincula seu site a uma lista de mapas. Assim, quando as pessoas procuram por serviços ou produtos usando as palavras-chave do seu negócio, elas vão encontrar uma lista do Google Maps com as empresas mais relevantes do seu bairro, cidade ou região.
  5. Crie conteúdo relevante
    Tenha um blog instalado no seu site e crie conteúdos que sejam relevantes para seu público-alvo. O algoritmo do Google classifica melhor sites com conteúdo original e de qualidade. Procure não copiar conteúdos de outros sites, isso pode até gerar penalidades do Google.
  6. Realize uma manutenção técnica do seu site
    Seu desenvolvedor pode realizar uma avaliação técnica para que você consiga entender quais são as melhorias necessárias que vão permitir que os robôs do Google entendam melhor sua programação e classifiquem a sua empresa nas primeiras páginas dos resultados de busca.

Dica de Ouro
Depois de estar nas primeiras posições, é fundamental que você não pare de investir em otimização e geração de conteúdo. Assim que você subir seu site no ranking, seus concorrentes estarão atrás de você, pesquisando suas estratégias, criando novas otimizações para tirar você do topo.

Conclusão
É fundamental para proprietários de empresas que queiram gerar negócios através da internet estar nas primeiras posições do Google. Cerca de 70% das vendas e orçamentos gerados através de sites tem como origem a busca orgânica, ou seja, essas empresas são encontradas por buscadores como o Google.

Por Fábio Langer – Analista SEO
Estuda SEO desde 2004, já tendo participado de mais de 50 eventos e cursos na área em diversos locais no Brasil. Já otimizou mais de 100 sites e hoje é Diretor da Gesto Marketing Digital, primeira agência da Serra Gaúcha focada em SEO e Performance. 

 

 

Marta Sfreddo
Marta Sfreddo
Formada em Comunicação Social - Habilitação em Jornalismo - pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), especializada em Comunicação Organizacional pela Universidade de Caxias do Sul e licenciada em Letras pela UCS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *