fbpx
Uili Bergammín Oz promove encontro literário
20 de maio de 2019
Keko projeta elevação de 10% na receita deste ano
21 de maio de 2019

Os pães artesanais são a grande atração do lugar

Texto e fotos: Marta Guerra Sfreddo

“Num longínquo vilarejo da Toscana, na Itália, no alto das montanhas, vivia a família de Ferdinando e Francesca Fiori. Moravam num pequeno sobrado de pedras, criavam gado e cultivavam avelãs. Com o passar do tempo, combinando grãos moídos e especiarias, descobriram que era possível fazer saborosos pães e doces. Após alguns anos, três de seus filhos vieram para a Serra Gaúcha. Giovachino, em 1913, construiu um sobrado num local que hoje é conhecido como Vila Flores. Desde então, os segredos de cada receita vêm sendo repassados de geração em geração”.

Esta é a história da Padaria Villa do Pão, que fica em um antigo casarão no centro do pequeno município de Vila Flores (RS), distante 180 quilômetros de Porto Alegre. A Villa do Pão é parada obrigatória para conhecer um lugar único e aconchegante, seja na decoração com móveis e objetos que lembram a casa dos avós, seja pelo aroma do café, pães, cucas e outras delícias preparadas em forno à lenha. Um quitute da Villa do Pão ganhou fama: o cone ou canudinho, que pode ser recheado com doces ou salgados, bastante servido em aniversários. Na Vila do Pão eles são assados e não fritos, o que já vale a visita.

A Padaria Vila do Pão fica na Avenida das Flores, 878. Aqui você tem mais informações sobre este lugar de ótima comida e atendimento impecável. Informe-se sobre os horários de funcionamento e sobre os dias em que é servido o café colonial.

Conheça Vila Flores

Mas Vila Flores, que fica às margens da RSC-470, entre Veranópolis e Nova Prata, tem outros atrativos turísticos, como a Casa do Artesão, o Filó Italiano, a Pousada e Cantina dos Capuchinhos (outro lugar que merece ser visitado) e o Restaurante Paradouro Mascaron. A cidade é referência na gastronomia italiana, com várias opções de cafés e restaurantes. Embora um município pequeno, vale um fim de semana para curtir a tranquilidade do lugar e paisagens estonteantes, que convidam a diminuir um pouco o ritmo da vida agitada.

Simpática e acolhedora, a população de Vila Flores, que é de aproximadamente 3.500 pessoas, é formada principalmente por descendentes de imigrantes italianos. A economia do local é baseada na agricultura, pecuária, produção de cerâmica e extração de basalto. Emancipou-se do município de Veranópolis em 1988.

Marta Sfreddo
Marta Sfreddo
Formada em Comunicação Social - Habilitação em Jornalismo - pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), especializada em Comunicação Organizacional pela Universidade de Caxias do Sul e licenciada em Letras pela UCS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *